Você está na página: Home / Notícias / Dólar, clima e arroba do algodão devem definir safra 2016/2017 em Mato Grosso

Notícias

22/06/2016

Dólar, clima e arroba do algodão devem definir safra 2016/2017 em Mato Grosso

O dólar e o valor da arroba do algodão deverão definir a safra 2016/2017 da cultura em Mato Grosso.

O dólar e o valor da arroba do algodão deverão definir a safra 2016/2017 da cultura em Mato Grosso. O custo de produção para a próxima safra beira os R$ 10 mil por hectare no Estado. Os insumos são responsáveis por 66% do custo total de produção por hectare. Hoje, a arroba do algodão (15 quilos) é cotada em média a R$ 83,28 em Mato Grosso.

O custo de produção para a safra 2016/2017 a princípio aponta um desembolso dos cotonicultores de R$ 9.052 por hectare, 11,69% acima dos R$ 8.104 do ciclo 2015/2016 e superior aos R$ 6.716 constatados no 2014/2015.

Dos R$ 9.052 por hectare a serem desembolsados, segundo levantamento do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), R$ 5.992 referem-se a despesas com insumos. O maior custo é com defensivos de aproximadamente R$ 3.504.

As perspectivas de área, produtividade e produção para a safra 2016/2017 em Mato Grosso ainda não foram divulgadas pelo setor produtivo. Entretanto, conforme produtores, a tendência é permanecer os mesmos 606 mil hectares da safra 2015/2016 ou recuar.

"Estamos planejando a próxima safra. Apostamos em manutenção da área. Porém, tudo depende do clima, do dólar, bem como do preço do milho", destaca o presidente da Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa), Gustavo Piccoli.

A incerteza na área destinada ao próximo ciclo é pontuada pelos produtores de Campo Verde Herlan Meinke e Cesar Xavier. "Dependerá de fato de como a safra 2015/2016 se comportar, do dólar e do valor da arroba do algodão. Os R$ 85 pago em média pela arroba são remunera o produtor", comenta Herlan Meinke.

De acordo com o produtor Cesar Xavier, o andamento da economia brasileira será outro fator para a definição da safra.

Veja também:

06/10/2017
Veja os conceitos do produtor que colheu mais de 100 sacas de soja por hectare

06/10/2017
Mapa lista 20 pragas mais importantes que não chegaram ao Brasil

06/10/2017
Cresce importância do fungicida multissítio contra ferrugem

06/10/2017
Funrural: Receita Federal lança cobranças de 2,3% e atropela resolução do Senado

06/10/2017
Especialista alerta: sem internet, em 10 anos Brasil estará fora do mercado agrícola

Veja mais

Voltar | Topo | Home

Agrológica
Unidade 1 - Primavera do Leste - MT - Avenida São Paulo, 1130 – Distrito Industrial - 66 3497 1600
Unidade 2 - Rondonópolis - MT - Av. Bonifácio Sachetti, 1896 - Distrito Industrial Augusto B. Razia - 66 3423 2249
Unidade 3 - Lucas do Rio Verde - MT - Avenida da Produção, Parque das Emas II, 2620 W - 65 3549 5464
Unidade 4 - Nova Mutum - MT - Av. Perimetral das Samambaias, 1920-W - Parque das Águias - 65 3308 4600
Unidade 5 - São José do Xingu - MT - Avenida Principal, 01 - Distrito Santo Antônio do Fontoura - 66 3508 1028
Unidade 6 - Sorriso - MT - Av. Dr. Ari Luiz Brandão, 1514 - Bairro Industrial Nova Prata - 66 3545 1494