Você está na página: Home / Notícias / MS: Ampasul alerta para presença de pragas como bicudo e mosca branca no algodoeiro

Notícias

10/06/2015

MS: Ampasul alerta para presença de pragas como bicudo e mosca branca no algodoeiro

Além do bicudo do algodoeiro, principal praga da cultura em Mato Grosso do Sul, a Ampasul adverte para presença da mosca branca, ácaros e lagartas.

  • Além do bicudo do algodoeiro, principal praga da cultura em Mato Grosso do Sul, a Associação Sul-Mato-Grossense dos Produtores de Algodão (Ampasul) adverte para presença da mosca branca, ácaros e lagartas nas lavouras do EstadoNesta segunda-feira (08.06), a Ampasul reforça que os ataques registrados por estas pragas, principalmente, na final do ciclo do algodoeiro, podem resultar em sérios prejuízos, como danos na qualidade da fibra.


No caso da mosca branca, o inseto libera uma substância açucarada que contamina a pluma e pode gerar a formação de fumagina. as excreções das lagartas podem manchar a pluma do algodoeiro e a infestação de ácaros tem ocasionado na queda prematura das folhas interferindo na formação das fibras dos capulhos.

A Ampasul observa que na fase final do ciclo, dificilmente haverá controle destas doenças de forma satisfatória, pois as entrelinhas da cultura estão fechadas e em fase de maturação.

De acordo com a Conab, o estado do Mato Grosso do Sul reservou 31 mil hectares para o cultivo da pluma na safra 2014/15. A produção do algodão em caroço está estimada em 136,4 mil toneladas.

Bicudo

O bicudo continua sendo considerado a principal praga dos algodoeiros nas Américas. Se não controlado corretamente, o inseto pode causar perdas de até 70% da produção em função da sua alta capacidade de reprodução e elevado poder destrutivo.

O Brasil possui, hoje, 96 produtos registrados para controle do bicudo do algodão, de acordo com o banco de dados "AgrolinkFito", mas nem todas as marcas estão atualmente sendo comercializadas.

Fonte FMC NEWS.

Veja também:

16/04/2018
Milho: Com foco no clima e na safra americana, mercado encerra semana com leves quedas na CBOT

16/04/2018
Revisões para baixo na safra de soja e milho na Argentina

16/04/2018
Milho: Com produtores retraídos, negócios são pontuais no sopt Publicado em 16/04/2018 09:58

25/01/2018
Posicionamento da Monsanto sobre ataque de lagarta em lavoura de soja com tecnologia Intacta RR2 PRO® em GO

25/01/2018
Queda das vagens está relacionada a stress climático e solo sem oxigenação

Veja mais

Voltar | Topo | Home

Agrológica
Unidade 1 - Primavera do Leste - MT - Avenida São Paulo, 1130 – Distrito Industrial - 66 3500 6300
Unidade 2 - Rondonópolis - MT - Av. Bonifácio Sachetti, 1896 - Distrito Industrial Augusto B. Razia - 66 3423 2249
Unidade 3 - Lucas do Rio Verde - MT - Avenida da Produção, Parque das Emas II, 2620 W - 65 3549 5464
Unidade 4 - Nova Mutum - MT - Av. Perimetral das Samambaias, 1920-W - Parque das Águias - 65 3308 4600
Unidade 5 - Confresa - MT - BR 158, Lote 5, Qd 01 - Residencial Babinski ll - 66 3508 1028
Unidade 6 - Sorriso - MT - Av. Dr. Ari Luiz Brandão, 1514 - Bairro Industrial Nova Prata - 66 3545 1494