Você está na página: Home / Notícias / Mapa lista 20 pragas mais importantes que não chegaram ao Brasil

Notícias

06/10/2017

Mapa lista 20 pragas mais importantes que não chegaram ao Brasil

Mapa tem preparado, inclusive, planos de contingenciamento

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e a Embrapa divulgaram uma lista de 20 pragas que apresentam risco caso entrem ao país. Essas pragas ameçariam culturas como milho, soja, mandioca, batata, arroz e muitas frutas. Três dessas 20 pragas já contam com um plano de contingência, caso apareçam em alguma região do país.

 

As três pragas que já possuem plano de contingência são o fungo Moniliophthora roreri, que infecta os frutos do cacaueiro; o inseto Cydia pomonella, que ataca principalmente a maçã; e o Candidatus Phytoplasma palmae, fitoplasma que causa o amarelecimento-letal-do-coqueiro. A Cydia pomonella já havia sido detectada no Brasil em 1991, mas foi considerada erradicada em 2014.

 

 

A publicação da lista de pragas ausentes no país é uma obrigação do Brasil como membro da Convenção Internacional para Proteção dos Vegetais (CIPV). De acordo com o coordenador-geral de Proteção de Plantas do Mapa, Paulo Parizzi, essa convenção prevê que os países devem publicar listas de pragas regulamentadas a fim de que os outros países e parceiros comerciais possam ter mais clareza sobre medidas fiscalizatórias e fitossanitárias a tomar.

 

 

“A priorização é importante porque permite desenvolver um trabalho mais focado nas necessidades específicas de cada praga destacada, visando a evitar sua introdução e melhor preparo caso entrem, e dessa forma adotar as medidas necessárias para sua erradicação e controle," disse Parizzi.

 

 

A metodologia para o mapeamento de pragas com prioridade é feita bom base na possibilidade de entrada, estabelecimento, dispersão e impacto econômico estimado.

As 20 pragas mais importantes que ainda não chegaramao Brasil são as seguintes , segundo o Mapa e a Embrapa:

African Cassava Mosaic Virus – vírus (mandioca)

Anastrepha suspensa – inseto (goiaba)

Bactrocera dorsalis– inseto (frutíferas)

Boeremia foveata – fungo (batata)

Brevipalpus chilensis – ácaro (kiwi, videira)

Candidatus Phytoplasma palmae – fitoplasma (coqueiro)

Cirsium arvense – planta daninha (trigo, milho, aveia, soja)

Cydia pomonella – inseto (maçã)

 

Ditylenchus destructor – nematoide (milho, batata)

Fusarium oxysporum f.sp. cubense Raça 4 Tropical – fungo (banana)

Globodera rostochiensis – nematoide (batata)

Lobesia botrana – inseto (videira)

Moniliophthora roreri – fungo (cacau)

Pantoea stewartii – bactéria (milho)

Plum Pox Virus – vírus (pessegueiro, ameixeira)

Striga spp. – planta daninha (milho, caupi)

Tomato ringspot virus – vírus (frutíferas e tomate)

Toxotrypana curvicauda – inseto (mamão)

Xanthomonas oryzae pv. oryzae – bactéria (arroz)

Xylella fastidiosa subsp. fastidiosa – bactéria (videira)

Veja também:

06/10/2017
Veja os conceitos do produtor que colheu mais de 100 sacas de soja por hectare

06/10/2017
Cresce importância do fungicida multissítio contra ferrugem

06/10/2017
Funrural: Receita Federal lança cobranças de 2,3% e atropela resolução do Senado

06/10/2017
Especialista alerta: sem internet, em 10 anos Brasil estará fora do mercado agrícola

12/09/2017
Brasil e Argentina exportam metade do milho mundial

Veja mais

Voltar | Topo | Home

Agrológica
Unidade 1 - Primavera do Leste - MT - Avenida São Paulo, 1130 – Distrito Industrial - 66 3497 1600
Unidade 2 - Rondonópolis - MT - Av. Bonifácio Sachetti, 1896 - Distrito Industrial Augusto B. Razia - 66 3423 2249
Unidade 3 - Lucas do Rio Verde - MT - Avenida da Produção, Parque das Emas II, 2620 W - 65 3549 5464
Unidade 4 - Nova Mutum - MT - Av. Perimetral das Samambaias, 1920-W - Parque das Águias - 65 3308 4600
Unidade 5 - São José do Xingu - MT - Avenida Principal, 01 - Distrito Santo Antônio do Fontoura - 66 3508 1028
Unidade 6 - Sorriso - MT - Av. Dr. Ari Luiz Brandão, 1514 - Bairro Industrial Nova Prata - 66 3545 1494