Você está na página: Home / Notícias / Perdas na soja chegam a 60 mil toneladas em Campo Novo do Parecis

Notícias

14/02/2017

Perdas na soja chegam a 60 mil toneladas em Campo Novo do Parecis

A chuva que ocorre em Campo Novo do Parecis deverá provocar uma perda de 60 mil toneladas de soja que ainda estão para ser colhidas na cidade

 



 
Uma vez que produtores não conseguem entrar com o maquinário em suas lavouras. O Sindicato Rural do município revela que aproximadamente três mil hectares estão embaixo d’água, sendo a maior parte de milho e milho pipoca. Prejuízos ainda são quantificados.
 

Entre os dias 08 e 10 de fevereiro foram registrados 310 milímetros de precipitação. O volume é maior que o esperado para o mês de fevereiro. O município contabiliza cerca de três mil habitantes atingidos pela chuva, que se arrastou pelo final de semana.

- Chuva causa alta umidade na soja e armazéns pedem que produtores esperem para colher em Mato Grosso

Campo Novo do Parecis é conhecido pela diversificação da produção de segunda safra, que envolve milho, milho pipoca e girassol. De acordo com a gerente do Sindicato Rural do município, Vera Garcia, cerca de três mil hectares de lavoura estão em baixo d’água.

“A maior parte destes três mil hectares alagados são de milho e milho pipoca. alguns casos de soja pronta para colher também embaixo d’água”, comenta Vera Garcia ao Agro Olhar.

 

Em termos de perda de produção, a estimativa é que em soja sejam 60 mil toneladas aproximadamente. “Essa perda em questão da soja é decorrente aos cinco dias ininterruptos de chuva, pois os produtores não conseguem entrar com as máquinas nas lavouras. Isso acarreta não apenas perda de produção, mas também em qualidade, excesso de umidade no grão”.

Em Campo Novo do Parecis foram plantados 365 mil hectares de soja na safra 2016/2017 e entre milhosafra e milho pipoca existe uma previsão de 220 mil hectares para serem semeados.

Ainda segundo a gerente do Sindicato Rural, as perdas de modo geral, tanto em produção, área quanto em valores, ainda estão sendo levantados. Vera comenta ainda que ainda a perda do adubo colocado no solo.

Conforme o Agro Olhar comentou, entre as propriedades inundadas está a da presidente do Sindicato Rural, Giovana Velke. Ela revelou à reportagem neste domingo, 12, que 400 hectares de milho foram atingidos pela chuva e que pelo menos metade da produção está perdida.

Fonte https://www.agrolink.com.br/culturas/soja/noticia/perdas-na-soja-chegam-a-60-mil-toneladas-em-campo-novo-do-parecis_369762.html

Veja também:

16/04/2018
Milho: Com foco no clima e na safra americana, mercado encerra semana com leves quedas na CBOT

16/04/2018
Revisões para baixo na safra de soja e milho na Argentina

16/04/2018
Milho: Com produtores retraídos, negócios são pontuais no sopt Publicado em 16/04/2018 09:58

25/01/2018
Posicionamento da Monsanto sobre ataque de lagarta em lavoura de soja com tecnologia Intacta RR2 PRO® em GO

25/01/2018
Queda das vagens está relacionada a stress climático e solo sem oxigenação

Veja mais

Voltar | Topo | Home

Agrológica
Unidade 1 - Primavera do Leste - MT - Avenida São Paulo, 1130 – Distrito Industrial - 66 3500 6300
Unidade 2 - Rondonópolis - MT - Av. Bonifácio Sachetti, 1896 - Distrito Industrial Augusto B. Razia - 66 3423 2249
Unidade 3 - Lucas do Rio Verde - MT - Avenida da Produção, Parque das Emas II, 2620 W - 65 3549 5464
Unidade 4 - Nova Mutum - MT - Av. Perimetral das Samambaias, 1920-W - Parque das Águias - 65 3308 4600
Unidade 5 - Confresa - MT - BR 158, Lote 5, Qd 01 - Residencial Babinski ll - 66 3508 1028
Unidade 6 - Sorriso - MT - Av. Dr. Ari Luiz Brandão, 1514 - Bairro Industrial Nova Prata - 66 3545 1494